Mudança de gênero em crianças

Tenho visto tanto debate sobre a questão da identidade de gênero, que vou dar minha cara a tapa aqui… (Olha mercúrio retrógrado no trânsito se combinando com o mercúrio retrógrado no mapa natal e me jogando na fogueira!)

Já vou avisando que se a discussão engrossar eu amarelo e me calo. Não sou boa de briga…

meninos-e-meninas

Meu filho caçula, atualmente com 12 anos, me pediu pra explicar o que era isso de mudança de gênero, identidade de gênero, etc. Não estava entendendo essas discussões que pipocam por aí… Continuar lendo

Viva os meninos agitados!

portinari-meninos-brincando-2

Outro dia saí com meus dois filhos. Num intervalo de menos de uma hora, dois homens se manifestaram em defesa da espontaneidade deles.

Peiki estava mexendo com a caneta e a cola dos Correios, e eu mandei colocar de volta no lugar. Um homem ao lado riu e falou algo como: – Deixa ele, é coisa de garoto, a gente só tem essa idade uma vez!

Enquanto isso, uma mulher do outro lado fazia cara feia.

Continuar lendo

Deixando a luz fluir

Retomando as postagens aqui no mãe.de.três trazendo algumas reflexões que venho publicando no Facebook. Por lá, ficam perdidas no meio de zilhões de compartilhamentos. Aqui, dou mais destaque às minhas próprias palavras.

espiral

Me vi refletida nesse texto do site O Segredo: “Sabe por que ela é tão bonita? Porque ela já passou pelo inferno e sobreviveu

Depois que você vai ao inferno e volta, inteira e radiante, até mais do que antes, nenhum medo é mais capaz de te impedir de viver e amar e fazer o que você deseja.

Já estive tão sozinha, que me encolhi no sofá – porque no quarto a solidão é maior – e pedi colo ao meu anjo da guarda. E ele me acolheu! Senti seus braços ao meu redor e sua doçura acalmando meu coração. Nada mais é necessário, quando você recebe o amor direto da fonte! Quando você se descobre a fonte do amor!

Continuar lendo

Gosto Musical

Hoje de manhã, pra animar as crianças, liguei o rádio. Fui girando, e parei na Oi FM. Não costumo ouvir rádio a essa hora, e conheço pouco essa emissora. Mas gostei, estava tocando rock bom das antigas, como Elvis Presley e Commitments.

As crianças ficaram reclamando, não tenho certeza se de implicância ou por que acharam mesmo muito ruim, principalmente o Rafinha.

Quando entrou um rock pesado, que não conheço, eles pediram pra tirar. Isabela foi mudando até chegar na Rádio MEC, de música clássica. Parou nessa, todos aprovaram enfaticamente, e ela veio toda feliz dizer que tinha encontrado a rádio que ela gosta, que toca música clássica. 😉

Definitivamente, gosto musical se aprende, pois desde que eles estavam na barriga eu costumava ouvir música instrumental, tranquila. E desde que eram bebês até hoje, eu sepre boto um CD de música relaxante na hora deles dormirem…

Dentes azuis, não!

Hoje eu e as crianças nos divertimos com o Listerine Agente Cool Blue…

Peraí, esse post é patrocinado?
Não, esse blog não tem tanto movimento assim pra ter patrocinadores 🙂
E mesmo que tivesse, eu sou como o Zeca Pagodinho: não conseguiria promover um produto que não uso.*

Voltando ao Listerine…
Pra quem não conhece (eu fui apresentada a ele hoje pela Isabela, que viu a propaganda na televisão), é um enxaguante bucal pra ser usado antes da escovação, e mancha de azul tudo o que não for natural da boca.

Continuar lendo