As mulheres estressadas de hoje

dona-de-casa

Outro dia descobri que um número assustador de amigas está tomando remédios para ansiedade, depressão, insônia, etc, etc.

Daí me dei conta de como temos muito mais pressão em nossa vida do que, por exemplo, quando minha mãe tinha 30 anos.

Ela não precisava fazer três pós pra conseguir um bom emprego, não precisava trabalhar 12h por dia pra provar que é boa profissional, que tem ambição e que “veste a camisa” (de força?) da empresa, não precisava ter um corpo anti-naturalmente magro, não precisava criar os filhos segundo as mais recentes descobertas da psicologia, não precisava ser “sarada” e saber mil artimanhas na cama pra agradar o marido e, como a maioria naquela época, ela tinha uma empregada quase da família que cuidava das obrigações domésticas, ela tinha também irmã e/ou mãe que não trabalhavam e davam uma mãozinha com as crianças quando ela precisava, ela tinha um marido que cumpria com a parte dele, seja qual fosse o acordo pré-estabelecido entre eles… O que mais?

Não estou questionando se ela era mais feliz ou realizada do que nós, hoje, mas certamente não era tão estressada… Que filhos criaremos nessas circunstâncias?

E aí me lembrei de uma amiga, que parou de trabalhar pra criar sua filha, e de como as mulheres que fazem essa opção ainda são aberta ou veladamente criticadas pelas outras…

(Esse foi um post breve que fiz no Facebook, e minha querida arquiteta assistente me sugeriu colocar no blog.)

Anúncios

3 comentários sobre “As mulheres estressadas de hoje

  1. oi adorei o seu recado, tem 6 meses que precisei parar de trabalhar, mãe de três um filho especial estava a beira de um ataque de nervos, estou começando a colocar as coisas em ordem para então decidir se volto ou não ao trabalho, beijos. Thais ferreira de oliveira.

    Curtir

  2. Legal seu post. Também sou mãe de três e fazem 7 anos que não trabalho fora, montei meu escritório na minha casa e daqui mesmo administro meu canil que tem o espaço físico na parte baixa da casa. Sinceramente, trabalho muito mais do que quando tinha carteira assinada e cumpria horários. O lado bom? Não preciso desgrudar das crias rss… Nunca tomei remédios para depressão, insônia ou coisa parecida, graças a Deus.

    Adorei o blog, estou seguindo.

    Beijos

    Flavi

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s