Baco – Nova Temporada

Baco, o Deus do Vinho. Um espetáculo flamenco. Teatro Ipanema, dezembro de 2009

Após um primeiro semestre meio irregular na prática do flamenco… grandes emoções alternadas com períodos “mornos” por conta do excesso de trabalho, há algumas semanas voltei a ensaiar em ritmo intenso com a companhia. É que em julho a Cia Garcia de Danza, do meu querido mestre Rodrigo García, estará se apresentando no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro. É uma honra nos apresentarmos lá, pois é feita uma seleção pela Secretaria de Cultura com os que são considerados melhores. Uau!

Espetáculo Flamenco com a Cia García de Danza, no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, 23 a 25 de julho de 2010

Momento oportuno pra esclarecer aos que eventualmente me honrarem com sua nobre presença no espetáculo 😉 , que não sou uma bailaora profissional. A companhia sim, é profissional, e o Rodrigo sabe extrair o melhor de cada um de nós. Uma das coisas que ele nos ensina é que, no flamenco, a interpretação é fundamental. Não adianta ter a técnica perfeita dos movimentos, sem expressar essa emoção intensa que arrebata a todos que assistem ou bailam o flamenco.

Embora o flamenco pra mim seja um hobby, sem pretensões profissionais (isto é, de retorno financeiro), não consigo me contentar com mais ou menos em nada. Se me proponho a fazer qualquer coisa, é sempre pra me dedicar muito. E isso tem aspectos positivos e negativos, claro.

Bem, esse post é breve pois, como disse outro dia no Facebook, a vida real anda muito possessiva, e não está deixando muito tempo livre para a minha vida virtual.

A foto aí no topo do post é da estréia do Baco, no Teatro Ipanema, em 2009, pra vocês já irem tomando o gostinho. E num post anterior, tem o vídeo anexado com alguns trechos do espetáculo.

Pra quem não vê a imagem acima com as informações, o espetáculo será
Dias 23 e 24 de julho de 2010 às 19h
Dia 25 de julho de 2010 às 17h
Teatro Angel Vianna – Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro
Rua José Higino, 115 – Tijuca

E pra quem chegou até aqui, a cereja do pudim: me diverti horrores com o Buzz Lightyear em versão espanhola dançando flamenco no novo Toy Story 3. Dá só uma olhada:

Adiós, muchachos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s